terça-feira , 17 de outubro de 2017 - 11:11 pm
Inicio / Dicas / 14 motivos para não comprar uma replica de smartphone

14 motivos para não comprar uma replica de smartphone

iPhone 5S Android
Não é de hoje que existem cópias de produtos, provavelmente toda a industria já sofreu com isso, desde alimentos na idade média até smartphones nos dias de hoje. Mas nem sempre a cópia sai como deveria, e na maioria das vezes é só uma questão estetica. Por isso confira a lista dos principais motivos para não comprar um celular replica.

1 – Garantia
A garantia dada pelos vendedores é de geralmente de três meses, após esse prazo os aparelhos começam a apresentar mal funcionamento. Ou seja, acaba a garantia e na maioria dos casos, o celular se torna descartável.

2 – Qualidade
Esses aparelhos  não são aprovados pela ANATEL e também não são certificados pelo INMETRO, a maioria não  não passa por nenhum controle de qualidade. Alguns são produtos que podem até ser chamados de “gambiarras” feitas para serem vendidos pelo menor preço possível.

3 – Acessórios
Eles vem com todo tipo de acessórios, geralmente para balancear a falta de atrativos no próprio aparelho e iludir o consumidor desinformado. Os cabos, carregador e fones costumam apresentar mal contato com poucos dias de uso, isso quando já não vem com o problema de “fabrica”.

4 – Câmera com muitos megapixels
As câmeras da maioria das replicas não possuem elementos que hoje são considerados básicos em câmeras de celulares, como foco, ISO, balanço de branco e quem dirá estabilização ótica. E quase nunca a resolução corresponde ao que está escrito na lente.

5 – Memoria
Esse não é necessariamente um problema de replicas, existem muitos aparelho de marcas grandes no mercado que não condizem com a sua função de smartphone por terem uma capacidade de armazenamento ridícula. Existe a possibilidade de aumentar a capacidade do aparelho com cartões de memoria, mas fica uma dica: mantenha seu cartão de memoria longe deles, pois eles costumam danificar cartões de memoria de forma irrecuperável.

6 – Tela sensível ao toque
Diferente do que é “padrão” hoje em dia, muitas replicas ainda utilizam telas resistivas, que são duas camadas que se tocam quando pressionadas, principalmente por isso a tela vai perdendo a sensibilidade sem você perceber, até você não conseguir mais clicar nela.

7 – “São de marcas conhecidas”
Esse é o pior motivos e o que mais ilude os consumidores, eles utilizam de marcas e modelos de aparelhos conhecidos para darem a impressão que são a mesma coisa, mas não se iluda, por fora ele pode ser até parecido, mas por dentro é só um amontoado de peças feito para funcionar de qualquer maneira. Afinal, se fosse um aparelho bom, não precisaria ser uma replica de outro aparelho, não é?

8 – Duas baterias
Isso parece ser uma vantagem? Na verdade não. É só uma comprovação de que a bateria é tão ruim, que você precisa ter uma reserva. Se os melhores telefones do mercado ainda sofrem com baterias fracas, imagine só uma bateria desenvolvida em um processo que não possui nenhum controle de qualidade.

10 – Peças
As peças dele são frágeis, se desgastam com o uso do dia a dia. Peças misteriosas se soltam, botões descolam, tampas quebram, telas racham e por aí vai. O pior é que você raramente encontra peças de reposição para eles, e geralmente quando consegue, é de algum aparelho igual que apresentou outro problema.

11 – Software
O software é lento, difícil de usar, ultrapassado e trava constantemente. Não saem correções ou atualizações, mesmo que eles rodem sistemas populares como o Android, ou seja, não possuem suporte nenhum.

12 – Sem assistência
Se estragar, não acredite que você poderá leva-lo a uma assistência técnica, dificilmente eles irão aceitar seu aparelho.  E os que aceitarem, dificilmente conseguirão solucionar o problema.

13 – Ele pode provocar interferências e doenças.
Como dito anteriormente, a ANATEL não faz testes nesses celulares para que a radiação seja controlada. Já foi comprovado que eles causam interferência nas redes, e já foram até proibidos de serem comercializados.
Alguns estudos comprovaram que o excesso dessa radiação pode provocar doenças e até desenvolver câncer.

14 – Pode explodir
Já ouviu falar de celulares que explodem? Celulares antigos devido a bateria podiam explodir quando estivessem funcionando. Os modelos mais atuais são fabricados com tecnologias que minimizam esse tipo de acidente.
Como dito anteriormente, as baterias e componentes das replicas são feitos da maneira mais barata possível, a maioria não possuem circuitos de proteção, o que facilita muito um que um curto circuito aconteça e acabe em tragedia.

Não saber reconhecer uma replica?
Pergunte para alguém que entenda do assunto, pesquise videos de funções exclusivas de certos aparelhos e verifique se o aparelho faz igual, desconfie de preços muito atrativos e evite comprar em lugares não muito conhecidos.
Hoje em dia os mais copiados são os modelos de iPhone, que variam entre o 4, 4S, 5, 5C, 5S, 6 e 6 Plus. E a linha Galaxy da Samsung, principalmente os modelos S4, S5 e S6.

Veja também

Root ou Jailbreak: 5 motivos para não fazer

Muitas pessoas gostam de abrir o sistema operacional para adicionar mais funcionalidades aos smartphones e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *